Páginas

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

MORRE POLICIAL CIVIL BALEADO.

  • Assaltantes tentavam levar automóvel de estudante quando foram surpreendidos por policial, que baleado na mão e na perna, faleceu neste dia 03/12, quando se comemora o Dia do Policial Civil..


Uma tentativa de roubo ao veículo de um estudante da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) terminou em tiroteio no começo da noite desta segunda-feira no bairro Santo Antônio, em Porto Alegre. 
Enquanto dois homens armados tentavam levar um Fiat Bravo na Rua Carlos Pessoa de Brum, por volta das 19h, um policial civil à paisana, morador da região, surpreendeu os criminosos, que reagiram com três disparos. Carlos Heitor Bossler, 58 anos, lotado no Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC), foi atingido na perna e no braço. Uma das balas subiu até o abdôme e causou hemorragia. Bossler foi levado às pressas para o Hospital de Pronto Socorro, onde foi operado. O servidor atua junto com Eduardo de Oliveira César, da Delegacia de Capturar do DEIC:
— O policial tem de agir de alguma forma numa situação dessas. Já as outras pessoas não devem reagir. É sempre bom procurar estacionamentos pagos, não deixar o carro em locais ermos, não ficar com as chaves nas mãos, enfim, estar alerta. Os assaltantes aproveitam os momentos de distração para roubar, sempre com violência — afirmou o delegado.
Após o tiroteio, os suspeitos eram procurados por agentes do DEIC. O estudante vítima da tentativa de roubo não foi ferido.

ZERO HORA: Mauricio Tonetto

Nenhum comentário:

Postar um comentário