Páginas

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

LIBERTADA DE CARCERE PRIVADO, EM CIDREIRA.


Adolescente de 16 anos foi encontrada em uma casa em Cidreira. Homem de 48 anos era síndico de uma associação no Litoral Norte.

A Brigada Militar prendeu na tarde desta terça-feira (19) um homem de 48 anos suspeito de manter uma adolescente de 16 anos em cárcere privado em Cidreira. Ela foi encontrada chorando e em estado de choque dentro de uma casa em uma pousada na Zona Central no município.


Segundo o soldado Márcio Fabiano da Silva Nunes, do Batalhão de Operações Especiais de Porto Alegre e que está no Litoral Norte reforçando a equipe da Operação Golfinho, uma guarnição da Brigada Militar foi abordada por uma mulher dizendo que ouviu gritos dentro de uma casa na Pousada Ased, que seria, segundo moradores, uma associação do Departamento Municipal de Habitação de Porto Alegre (Demhab).
O homem que mantinha a adolescente em cárcere privado era o síndico da associação, diz a polícia. A Brigada Militar entrou na pousada e encontrou a menina dentro de uma casa, em estado de choque e chorando muito.
Segundo relato da adolescente, o homem colocou um anúncio dizendo que tinha 30 anos e que procurava mulheres para um relacionamento. Uma amiga da adolescente ligou, mas ficou com medo e não retornou mais as ligações. A menina que foi mantida em cárcere privado disse que ficou curiosa e foi até o local onde estava o homem. Chegando lá, não conseguiu mais sair.
Quando saía de casa, o homem deixava a adolescente trancada, segundo a Brigada Militar. O homem deve ser indiciado por cárcere privado, estupro e por crime de tortura e ameaça.
Dentro da casa onde morava o homem foi encontrada uma arma calibre 12, que servia para ameaçar a adolescente.

G1/RS

3 comentários:

  1. Não adiantam os avisos sobre os perigos da Internet. Estão a procura de emoções mais fortes? Então têm que sifu mesmo...

    ResponderExcluir
  2. O certo seria capar esse imbecil, que pensa ter o poder....

    ResponderExcluir
  3. O que está acontecendo com a humanidade? o que está acontecendo com o mundo? Temo pela nova geraçao que tem acesso facil a todo e qualquer tipo de tecnologia e nao a usa da maneira certa. Temo pela malícia que há na cabeça das pessoas e que canalizam sua energia apenas para fazer o mal para seu semelhante. Temo pela justiça, que além de cega, costuma ser surda, muda e nao defende o direito do cidadão mas beneficia gente sem indole. Temo pela nossa política que ao invez de ser uma ferramenta para organizar e melhorar a vida da população, é usada para melhorar a conta bancária dos governantes. Só Deus na nossa causa!

    ResponderExcluir