Páginas

quinta-feira, 22 de março de 2012

TWITTER AGORA NO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL.

Na semana passada o Tribunal Superior Eleitoral -TSE, decidiu que os candidatos estão proibidos de fazer propaganda eleitoral por meio do Twitter antes do período permitido pela lei.

O Partido Popular Socialista - PPS, encaminhou ação ao STF que questiona a restrição do twitter, por discordar da decisão tomada pelo TSE, e será apreciada diretamente pelo plenário do Supremo Tribunal Federal (STF). O ministro Joaquim Barbosa, relator do caso, entendeu que a relevância do assunto justificava a adoção do rito abreviado, que elimina a etapa da decisão individual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário