Páginas

domingo, 18 de março de 2012

TRAGÉDIA NA PONTE DE TRAMANDAÍ (DESFECHO)

O condutor da caminhonete que estaria participando de um racha e foi o responsável pelo acidente que matou pelo menos duas pessoas na tarde de sábado (17) na ponte que divide as praias de Tramandaí e Imbé, deixou a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Tramandaí, onde estava detido, e foi transferido para o Presídio Modular de Osório na manhã de hoje (18), segundo a Polícia Civil. O bafômetro acusou 1.06 grama de álcool por litro de sangue, o que indica embriaguez. Além disso, testemunhas dizem que era possível ver diversas latas de cerveja boiando no rio logo após o acidente. O delegado plantonista Roger Brutti afirmou que o jovem será indiciado por homicídio doloso, quando o suspeito assume o risco de matar.

Pelo menos mais uma pessoa segue desaparecida. Na manhã deste domingo (18), um grupo de pescadores encontrou a segunda vítima da tragédia. O homem encontrado tinha 44 anos e era filho de uma pessoa que morreu momentos após o acidente, segundo o Corpo de Bombeiros. A polícia suspeita que mais uma pessoa está dentro da água, porém, não existe a confirmação.

Quatro pessoas foram resgatadas com vida. Um homem de 62 anos e uma mulher de 63 anos foram encaminhados ao Posto 24 horas e liberados ainda na noite de sábado (17). Uma mulher de 47 anos e outra de 65 anos tiveram lesões mais graves e foram levadas ao Hospital de Tramandaí. A de 47 anos sofreu fratura na perna, passou por uma cirurgia e está em recuperação. Já a mulher de 65 teve que passar por cirurgias nas duas pernas no Hospital de Ponto Socorro de Porto Alegre, para onde foi transferida, e está em estado regular.

Foto: Bombeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário