Páginas

segunda-feira, 18 de abril de 2011

100 ANOS DE PERDÃO?

Após roubo, ladrão também é assaltado na zona norte de Porto Alegre.

A ocorrência policial 3829/2011, registrada na 14ª Delegacia da Polícia Civil, vai para os anais da criminalidade no Rio Grande do Sul.

Às 19h30min de domingo, Rafael, 20 anos, e a namorada dele, moradores do Jardim Itu Sabará, zona norte da Capital, foram buscar o irmão dele num prédio na esquina das ruas Benno Mentz com Guiné. Ao estacionar a EcoSport prata, placas IXN-4000, modelo 2005, um homem rendeu o casal.

— Ele estava armado com um revólver calibre 38, cano curto — conta Rafael, cujo sobrenome será ocultado a pedido da família.

O estudante de Publicidade e a namorada não imaginavam o que aconteceria a partir daquele momento. Antes de o ladrão entrar no carro, outros três bandidos desembarcaram de um Prisma preto. Armados, eles anunciaram:

— É um assalto.

Sim, Rafael estava sendo vítima de um segundo ataque. Ou, para ser mais preciso, estava presenciando algo ainda mais raro: ladrão roubando de ladrão. Os criminosos levaram a arma do primeiro assaltante, que fugiu correndo pelas ruas do bairro, e o veículo do jovem, mantido refém durante cerca de 20 minutos.

Veja que a coisa esta dificil até para os criminosos, este deve estar contando para seus amigos de buteco o quanto esta perigoso trabalhar a noite e que seus colegas não tem mais ética profissional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário