Páginas

sábado, 20 de novembro de 2010

POLICIA ATACA CRIMINALIDADE NO LITORAL GAUCHO.

Polícia Civil faz operação no litoral norte e prende quatro pessoas


Uma Operação Conjunta entre a Polícia Civil, a Brigada Militar, a Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Rodoviária Estadual foi deflagrada, na manhã deste sábado 20.11, objetivando cumprir mandados de busca e apreensão nas cidades de Tramandaí e Capão da Canoa. Participaram da Operação policiais civis de todas as Delegacias do litoral norte, totalizando 79 policiais entre Delegados, Inspetores, Escrivães e Investigadores; 136 policiais militares, entre Oficiais, Sargentos e Soldados; 14 policiais militares estaduais da PRE, seis rodoviários federais; 77 viaturas, entre viaturas oficiais e discretas. A operação foi desencadeada com o especial fim de reprimir o crime de tráfico de drogas nos dois municípios, uma vez que este é um delito de crime permanente, que tem por característica a prática ininterrupta, intensificando-se durante o período noturno. Na região, ultimamente, os índices tornaram-se alarmantes, gerando preocupação em todas as esferas da sociedade. Diante desta intranqüilidade, as Polícias responsáveis pelo combate a tais práticas ilícitas estão somando esforços para desencadear operações para reprimir e restabelecer a tranqüilidade social. Como resultado da operação, foram presas quatro pessoas, sendo três em flagrante (uma por tráfico de drogas, outra por posse de drogas e a terceira por porte ilegal de arma de fogo). O quarto preso era foragido do sistema prisional. Além disto, foram lavrados dois Termos Circunstanciados, um por posse de drogas e outro por posse de cartucho de arma de fogo. Também foram apreendidos 14 gramas de crack; 11,2 gramas de maconha e 3,6 gramas de cocaína em forma de dez petecas, todas as substâncias dependendo de confirmação por perícia; uma pistola de calibre 6,35; uma espingarda calibre 12 e munições, um cartucho calibre .38; um rádio de comunicação. Ao todo foram lavrados nove procedimentos policiais: Auto de Prisão em Flagrante Delito, Inquérito Policial e Termo circunstanciado; e um procedimento administrativo, por posse de pássaros não registrados. A coordenação da Operação, a cargo dos Delegados Jorge Melgar, titular da 23ª Delegacia de Polícia Regional, Peterson Benites e Roger Brutti, destaca que a idéia é implementar uma série de medidas para retirar os infratores de circulação.

Fonte: Assessoria de Imprensa da PC.

Nenhum comentário:

Postar um comentário