Páginas

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

PT USA MAQUINA PUBLICA CONTRA ADVERSARIOS NOVAMENTE.

Receita vasculhou sigilos de mais 3 pessoas ligadas a Serra e FHC.


Investigação revela que Luiz Carlos Mendonça de Barros, Ricardo Sérgio de Oliveira e Gregório Marin Preciado também tiveram sigilos quebrados.
Investigação interna da Receita Federal revela que acessos suspeitos aos sigilos fiscais de adversários do PT foram além do manuseio dos dados do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge.

Os documentos mostram que, no mesmo dia, de um mesmo computador e em sequência, servidores do Fisco abriram os dados sigilosos de Eduardo Jorge e de mais três pessoas ligadas ao alto comando do PSDB. São elas: Luiz Carlos Mendonça de Barros, Ricardo Sérgio de Oliveira e Gregório Marin Preciado.

Opinião:
Mais uma vez o uso da maquina publica para tentar prejudicar o adversario, e a tendência é aumentar na ditadura civil que esta sujeita a vir.
Deveriam mostrar os sigilos do Zé Dirceu, Zé Genuino, Zé Sarnei, Delubio, Collor e todos os outros do mensalão e que fazem parte deste governo corrupto e que a Justiça brasileira insiste em fazer vista grossa para os fatos.

Precisamos da "REFORMA NO JUDICIARIO JÁ", que com certeza este pais seria muito mais honesto e justo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário