Páginas

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

GOOGLE ANUNCIA MUDANÇAS NO ORKUT, E AGORA É VERDADE.

O Google anunciou nesta terça-feira (24) uma mudança na sua rede social, o Orkut.
Segundo a empresa, o Orkut deixa de ser uma rede genérica para ser uma rede focada em círculos sociais, aumentando a privacidade e aproximando a rede das interações da vida real. A ideia do Google é que com o tempo o termo “amigos” deixou de ter sentido na internet, misturando colegas de trabalho, de faculdade, chefes e família: por isso o site terá agora uma funcionalidade para organizar e definir na web os diferentes círculos sociais da vida fora da internet.
A lista de atualizações dos usuários e de seus contatos passa a ser a parte mais importante do perfil, criando um fluxo de informações similar ao da Facebook: os recados não são mais enviados apenas para uma pessoa, mas também não são públicos para todas. Você pode, por exemplo, compartihar as fotos do Natal apenas com os seus familiares; ou fotos da balada apenas com os colegas da faculdade. A divisão segue a ideia de que as pessoas tem diferentes identidades em diferentes grupos sociais, então não faz sentido compartilhar tudo com todos.
A mudança além de modernizar o Orkut, tornando a comunicação em grupo mais importante do que a individual, dá um passo na direção contrária da confusão com a privacidade criada pelo Facebook. Os grupos são pessoais e visíveis apenas para os usuários e o padrão é que as mensagens enviadas sejam privadas. As definições de privacidade são feitas no momento de compartilhar.

Um exemplo do novo layout do Orkut. Acima do perfil os grupos (“Família”, “Trabalho”, etc).

Logo abaixo as fotos das pessoas que fazem parte daquele círculo específico
Segundo a empresa, 200 milhões de fotos são colocados no site toda semana e 550 milhões de scraps são enviados no mesmo período. O Google quer que os usuários do Orkut se sintam mais seguros para compartilhar fotos e informações, podendo escolher exatamento quem verá as atualizações, uma pessoa, duas pessoas, um grupo específico (“trabalho”, digamos).
Se o usuários quiser continuar usando o Orkut da forma antiga, enviando mensagens para apenas uma pessoas por vez, ele poderá. As mudanças devem estar disponíveis para todos os usuários até o fim desta semana.
Mais: a sorte do dia está de volta.
O Google também afirmou que não é verdade que o Orkut tenha parado de crescer. Segundo a empresa, a rede social tem cerca de 85 milhões de usuários no mundo e cresce 12% por ano. O Google também afirmou que o Orkut, quarta maior rede social do mundo, é lucrativo desde novembro de 2009.
Atualização: para quem está comentando que as mudanças não são novidade: algumas delas estão sendo testadas no Orkut há alguns meses, no perfil de alguns usuários (o caso do compartilhamento de fotos, por exemplo) mas é essa semana que todas as mudanças ficarão disponíveis em todos os perfis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário