Páginas

domingo, 8 de agosto de 2010

CASSADO PREFEITO DE PALMARES DO SUL.

A Câmara de Vereadores decidiu, na noite de sexta-feira(6), pelo cassação do mandato do prefeito de Palmares do Sul, Ernesto Ortiz Romacho(PSDB). Eram por volta das 23h25min quando a presidente do Legislativo de Palmares do Sul, Idene Bosquetti(PSDB) declarou que o prefeito Ernesto Ortiz tinha perdido o mandato eletivo, após uma sessão de julgamento que durou quase nove horas,. O prefeito foi derrotado por 7x2 em todos os processos votados.

A ação, que determinou a cassação, teve a iniciativa dos advogados Julieta Fernandes e Afonso Praça que apresentaram ao Legislativo seis processos que estavam tramitando na Justiça. Dois deles referem-se a contratação escritórios de advocacias sem licitação e os demais por gastos em publicidade sem licitação, desvio de verbas previdenciárias, reformas na Escola Bento Gonçalves sem licitação e obras supostamente superfaturadas e contratação de uma professora estadual para exercer a função de secretária de Educação sem a devida autorização e licença do Estado, o que originou duplicidade de função.

Na votação individual de cada processo o prefeito obteve em todos sete votos contra e dois a favor, originando assim seu afastamento imediato da função. A votação foi secreta.

A posse do vice-prefeito Luciano Bins, do PDT, está marcada para a segunda-feira.

Para Luciano Bins, os atos de corrupção praticados pelo prefeito foram comprovados. "Tudo é baseado em documentos, os contratos existem, nós avisamos a ele que as irregularidades precisavam ser sanadas, mas ele nos cerceou, demitiu trabalhistas, e até por isso nós tomamos a decisão de romper a coligação", explica.

Romacho nega as acusações de irregularidades e diz que pretende solicitar uma ação nulatória na Justiça. Ele vai se pronunciar neste sábado sobre a decisão do Legislativo

O advogado de defesa, Vanir de Mattos, vai solicitar uma ação nulatória e antecipação de tutelar na Justiça alegando erros na formulação do processo.

Integração Notícias-RBS-Rádio Guaíba
Opinião:
Eu sinto inveja de cidades, onde a Câmara de Vereadores esta atenta e sabe fazer a sua função, e não sede a cargos e empregos.
Só assim é que os nossos municipios vão crescer e desenvolver gerando emprego e renda para seus moradores. Não ficar fazendo obras e gastando o dinheiro publico com os amigos.
Há, se minha cidade tivesse uma Câmara de vereadores?

Nenhum comentário:

Postar um comentário