Páginas

sexta-feira, 2 de julho de 2010

A RBS E O ESTUPRO

Polícia envia à Justiça investigação de denúncia de violência sexual contra adolescente.

Apuração de denúncia envolvendo dois jovens de 14 anos contra menina de 13 foi concluída.
A Polícia Civil entregará nesta sexta-feira, no Fórum de Florianópolis, o resultado da investigação que envolve denúncia de violência sexual contra uma garota de 13 anos. Os supostos autores são dois adolescentes de 14 anos. Um deles é ex-namorado da menina. O auto de apuração de ato infracional (nome dado ao procedimento equivalente a um inquérito quando envolve menores) foi conduzido por policiais da 6ª Delegacia de Polícia e contou com apoio da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic). Nos últimos dois dias, a polícia cumpriu mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça em três endereços. Computadores foram apreendidos e serão encaminhados a perícia para apurar informações ligadas ao fato veiculadas na internet. Nesta quinta-feira, um dos jovens prestou o último depoimento, encerrando a apuração. Segundo a delegada da 6ª DP responsável pela investigação, Juliana Gomes, o trabalho policial está concluído e os laudos complementares serão enviados depois à Justiça.

O fato ocorreu no dia 14 de maio, entre 19h e 23h, no apartamento de um dos garotos, na Avenida Beira-Mar Norte, no Centro. O advogado Francisco Campos Ferreira, contratado pela família da garota, afirma que ela iria para uma festa naquele dia e aguardava uma amiga num shopping da cidade. A amiga se atrasou e ela acabou indo com um dos adolescentes para o apartamento da Beira-Mar. A polícia já concluiu que houve consumo em excesso de bebida alcoolica pelos adolescentes naquela noite. No dia seguinte (15 de maio), a garota foi medicada no Hospital Infantil e foi registrado boletim de ocorrência na 6ª DP. A partir dali, a polícia ouviu depoimentos dos dois adolescentes — cada um foi ouvido duas vezes —, do pai de um dos jovens, dos pais da menina e da própria menina, que falou em 22 de junho. No dia 30 de junho, atendendo pedido do advogado da família da garota, a delegada solicitou que ela se submeta a exame toxicológico para identificar a presença de álcool ou substância que estimule o efeito do álcool no organismo. A família da garota disse, por meio do advogado, que não quer se manifestar sobre o caso. O advogado de um dos adolescentes preferiu não falar sobre o assunto e o do outro não foi localizado.

Os veículos do Grupo RBS não identificam nomes de menores em respeito ao Estatuto da Criança e do Adolescente.
Mas o Blog teve acesso a intimação de S. O. S, filho do dono da RBS TV Sérgio Sirotsky. O garoto estuprador tem encontro marcado com a delegada Juliana Renda Gomes da 6a. DP da Capital no dia 08/07/10 às 9:00 h da manhã.

Os estupradores
01 – Nome: S. O. S. apelido "ZINHO" -Filho de Sérgio Sirotsky – Diretor da RBS
02 – Nome: B. M. – Filho do Del. Jaime Martins da 4a. DP de Coqueiros, responsável pelo inquérito da farsa do roubo no apartamento da filha do presidente Lula , Lurian.

Do Blog Com Texto Livre.

Um comentário:

  1. Os garotos, ainda que de menores, irão para a reclusão por muito tempo afinal pelo que tenho lido em várias páginas sobre o caso (e ressalte-se tem muitas histórias sobre o caso) eles além de terem premeditado o crime, adicionaram na bebida dela algum componente (talvez "Boa Noite Cinderela") (e tenha-se em mente que a mãe também vai responder por ter, ainda que involuntariamente, permitido que o filho bebesse bebida alcoólica); estupraram-na e mais, os desgraçados filhos de uma mãe santa colocaram um controle remoto na vagina da menina (que convenhamos nem tem vagina formada); e mais e talvez o mais sério para o nosso ordenamento jurídico vigente, no momento que a mãe adentrou ao quarto da mesma percebeu que os meninos tentavam asfixiá-la. Olha, se tudo isso realmente aconteceu, eles (os meninos) não terão escapatória mesmo. Tem muitos agravantes na história. Muitas pessoas dizem que "há ele tem dinheiro não vai acontecer nada"; pelo contrário, por ter dinheiro ele estudava em uma escola particular, tinha acesso à ensino de qualidade... enfim, esses dois rapazes (o que me leva a pensar outra coisa: o filho do sirotsky, sim tem dinheiro; agora o filho do delegado civil, não tem dinheiro mesmo, portanto foi na onda daquele; e não sei realmente se teve mais algum menino envolvido, há páginas dizendo que foram 3, outras que foram 2); como ia dizendo, esses dois rapazes vão responder no mínimo por: estupro e tentativa de assassinato (se comprovado); então no mínimo ele vai ser indiciado por estupro. Pessoal, o crime sexual estupro é gravíssimo e muito bem punido pelo CP (Código Penal). Há ainda os vários agravantes como supramencionado e bota agravante nisso quando o juíz ler a impressão dessa página: http://www.tijoladasdomosquito.com.br/direto-da-delegacia-do-blogueiro-mosquito-estuprador-de-14-anos-filho-de-dono-da-rbs-sergio-sirotsky-mantinha-ate-hoje-na-internet-micro-blog-onde-se-vangloriava-de-seus-feitos-sexuais-e-esplanav/

    Nessa página, mostra a conversa entre um rapaz e o estuprador no meio de comunicação formspring.me

    Obrigado

    ResponderExcluir