Páginas

terça-feira, 22 de junho de 2010

DEPUTADOS EMPURRAM COM A BARRIGA O PISO DE POLICIAIS

Michel Temer prometeu pautar a proposta na semana que vem, desde que haja quórum na Casa para votar alterações na Constituição.



"A minha intenção era colocar na extraordinária a PEC 300, tal como ajustado semanas passadas. Mas ocorre que estamos com o quórum realmente muito baixo, compreensivelmente baixo em função das festas que ocorrem neste período no Norte e no Nordeste. Na semana que vem, eu mandarei telegramas aos deputados e deputadas para estarem presentes e votarem não só esta matéria, como outras tantas de relevância para a Casa.

"Mas o deputado Luiz Couto, do PT da Paraíba, lembrou que a festa junina de São Pedro será na próxima semana, o que dificulta a presença da bancada nordestina em Brasília. O próprio presidente Michel Temer acrescentou que as decisões partidárias para as eleições de outubro podem impedir a votação da proposta sobre o piso dos policiais.

"Na próxima semana, ainda há muitas convenções pelos estados, especialmente nos dias 29 e 30. De modo que, embora eu tenha dito que, talvez possamos votar a PEC 300, eu ressalvo, mais uma vez, que nós colocaremos para votar se houver quórum. Se o quórum for baixo, não correrei o risco de votar essa matéria."

"Nós, do PT, vamos insistir na prioridade do projeto do pré-sal que está vindo do Senado para a Câmara dos Deputados. Portanto, prioridade para o pré-sal e a PEC 300 nos termos de uma definição geral, remetendo para a lei definir o piso e a composição do fundo."

Os jogos da Copa do Mundo também podem atrapalhar as votações da próxima semana, caso a seleção brasileira entre em campo na terça-feira.

Opinião:

Não acredito que votem nesta, nem na proxima semana, somente gostam de policia as pessoas de bem. Se o proprio Presidente da Republica não respeita a Lei, quem irá respeitar, e ai pergunto, se eu sequestrar e assaltar um banco, serei acolhido pelo partido do presidente e talvez até possa ser presidente.

É, tudo parece uma piada, mas não é... Este é o país dos Fora da Lei.

Nenhum comentário:

Postar um comentário