Páginas

segunda-feira, 31 de maio de 2010

CRUZEIRO CONQUISTA CLASSIFICAÇÃO HEROICA ÁS FINAIS DA SEGUNDONA.

O jovem time do Cruzeiro foi heróico, guerreiro e honrou a tradicional camisa estrelada da Capital. Neste domingo, o Cruzeiro foi a Bagé e garantiu a sua classificação para o quadrangular final da Segundona Gaúcha 2010 com um heróico empate em 0 a 0 com a aguerrida e tradicional equipe do Guarany em pleno estádio Estrela D'Alva. O Guarany precisava da vitória e tentou pressionar o Cruzeiro, mas foi o time da Capital que começou criando as melhores oportunidades. Com a classificação do Cruzeiro, o quadrangular final terá Brasil de Farroupilha, Lajeadense, São Paulo de Rio Grande e o prõprio Cruzeiro. A fase final começa no meio da semana com o São Paulo recxebendo o Brasil e, na quinta-feira, às 15 horas, o Cruzeiro recebe o Lajeadense no Estrelão.
Com muita chuva e campo embarrado, o jogo foi truncado e de muito choque. A primeira chance de gol foi do Cruzeiro. Aos 16 minutos, Adriano recebeu na área do Índio, driblou o zagueiro e chutou forte para uma grande defesa de Goico. O Cruzeiro desperdiçou nova chance com o atacante Jô e dominou as ações até os 26 minutos iniciais. Depois, o GUarany passou a atacar. Dudu chegou a acertar a trave do goleiro Fabio aos 39 minutos e antes Michel chutou cruzado perto do gol cruzeirista.
Na etapa final, o Guarany foi todo pressão. O time da casa forçou as bolas aéreas, mas a defesa cruzeirista estava bem postada. O técnico do Cruzeiro, Benhur Pereira, colocou o zagueiro Claudio em lugar do lateral Alex Herber pára reforçar a força aérea da sua defesa. Enquanto o Guarany pressionava, o Cruzeiro assustava nos contra-ataques, principalmente com o atacante Jô, que infernizava os zagueiros bageenses, tanto que todos os quatro jogadores da defesa do Guarany acabaram recebendo cartões amarelos.
Nos últimos dez minutos, o Guarany aumentou a pressão e aí surgiu a estrela do excelente e jovem goleiro Fabio. O camisa do Cruzeiro fez, pelo menos, três defesas importantes para a classificação do alçvi-azul da Capital. Quando Marcio Chagas apitou o final do jogo no Estrela D´Alva, os jogadores do Cruzeiro comemoraram a classificação correndo em direção aos também heróicos torcedores do Estrelado, que viajaram quase 400 quilômetros para comemorar a classificação 'as finais da Segundona 2010. Na quinta-feira, às 15 horas, feriado nacional, o Cruzeiro estréia na fase final jogando no Estrelão contra o Lajeadense contando com o apoio da torcida estrelada.
Ficha técnicaGuarany-BA 0 x 0 CruzeiroLocal: Estrela D'Alva (Bagé). J: Márcio Chagas.Guarany-BA: Goico; Ilson (Willian), Darzone, Leandro Magrão; Tiago Cioelho, Vando, Elton Correia (Jimmy), Dudu, Carlinhos; Marcelo Castro (Leandro Kivel), Michel. Téc.: OsvaldoCruzeiro: Fábio; Alex (Cláudio), Tiago, Léo, Rogério Patrola; Mateus, Almir, Diego Torres (Márcio), Faísca; Jô, Adriamno (Alex Goiano). Téc.: Benhur Pereira.
Site do Cruzeiro.

Um comentário:

  1. Meus parabens nobre politico e policial,vc na qualidade de pessoa publica mostrou nesta sua postagem que realmente é uma pessoa bem informada.cruzeiro na primeira e lobao no congresso nacional.um grande abraço.

    ResponderExcluir