Páginas

quarta-feira, 7 de abril de 2010

ELEIÇÕES PARA O GOVERNO DO ESTADO.

O quadro político no estado esta se desenhando, a governadora Tucana recebeu o apoio do PP que deverá indicar o vice na chapa e ainda colocara como candidata ao senado a apresentadora de TV, Ana Amélia, tornando-se a partir deste momento uma candidatura de peso, afinal o PP é o partido que tem o maior numero de prefeituras do estado e os prefeitos estão todos muito contentes com o governo que pagou os atrasados e continua aplicando muito nas cidades do estado. E terá um candidato a presidente que virá ao estado para apoia-la.

O candidato do PMDB, que primeiro traiu o partido (PPS) que o elegeu prefeito de Porto Alegre em 2004, e agora trai o povo da cidade que o elegeu, saindo em meio ao seu mandato, tem com problemas muito maiores, pois seu partido esta “rachado”, em sua maioria apóia Serra para a presidência e outra parte apóia Dilma, igualzinho ao seu aliado PDT, que também rachou. A pergunta é a seguinte quando Dilma vier ao estado, em qual palanque ela subirá, fará campanha para o PT ou PMDB. Como conhecemos o PT ela é capaz de vir ao estado e nem avisar os “aliados” do PMDB.

Já o candidato peremptório do PT, não conseguiu organizar seus aliados, pois já fizeram tanto mal a eles que querem distancia do cidadão e seu partido. Terão de se contentar com algum nanico que ira usufruir da sua legenda para eleger ou reeleger seus candidatos. De cima de sua empáfia o candidato que um dia também traiu o povo de Porto Alegre abandonando os, no meio de um mandato da prefeitura, não tem notado que as pesquisas já não estão tão boas para ele, que esta em queda livre.

Enquanto os outros candidatos, que apesar de terem grandes partidos não conseguem arrancar, como o PTB que com seu candidato, ninguém no estado acredita em sua candidatura, mas precisa ser o “Boi de Piranha” para consolidar o seu partido que não conseguiu passar pela clausula de barreira, mostrando que não era tão forte assim, e lançando um candidato próprio para poder demarcar seu território. Mesmo usando como grande personalidade o Senador Radialista, que como não é bobo nem nada, vai largar a política e ira trabalhar nas emissoras dos pastores com um polpudo salário, não conseguem alçar vôo.

E a candidatura do PSB, que é imposta pelo próprio candidato ou seja, uma candidatura de dentro para dentro de si mesmo. Já esta pensando em desistir em favor de outro candidato, mas seu ego inflado não permite que isso aconteça, mas talvez ainda venha a ser vice do partido que tem como candidato o peremptório da estrela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário