Páginas

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

FESTA DE YEMANJA.

Ontem em uma noite maravilhosa, devido ao calor, as pessoas se deslocavam pela beira mar até o terminal turistico na Zona "A", em Cidreira, para ver as homenagens a mãe do mar e para com um pouco de espera nas interminaveis filas, tomar um passe com pais de santo de todo o estado.

A festa realizada e organizada pelo Conselho Estadual Da Umbanda e dos Cultos Afro-Brasileiros Do Rio Grande Do Sul, mais uma vez foi cercada de muita organização, apesar de poucas representações terem comparecido.

“Yemanjá, deusa do amor e da beleza, esposa e mãe, Rainha dos Sete Mares, chama-se em iorubá Yevê omo ejá - mãe cujos filhos são peixes - e tem como "tarefa" ajudar os namorados, as mulheres, aqueles que têm filhos e a todos que a respeitam e dependem das águas onde ela mora”.

Outro ponto forte da festa foi a segurança, que com dezenas de Brigadianos manteve tudo na maior calma, transmitindo segurança para os visitantes, segurança que alias esta muito boa este ano em toda a cidade.

Que bom que a festa voltou, esta muito longe ainda de ser o que era, antes de uns cabeça de bagre tentar acabar com ela, mas com a união das entidades com certeza voltara a ser o que ja foi, com milhares de visitantes do estado em nossa orla.