Páginas

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

MARQUISE DA RODOVIARIA DESABA EM CIDREIRA.

Por volta da 23h45min desta quarta-feira, desabou a marquise lateral do prédio da rodoviária de Cidreira, na área onde os passageiros embarcam nos ônibus.

O local não estava em horário de funcionamento e ninguém ficou ferido. Os bombeiros isolaram o prédio, que fica na Rua Mostardeiros, em frente a Concha Acústica, no Centro. — É um prédio antigo, com mais de 40 anos. Ainda bem que o problema ocorreu durante a noite. Se fosse de dia poderia ser uma tragédia já que ficam cerca de 40 pessoas, em média, perto do local que desabou — explica o secretário de Obras, Luiz Paulo Cardoso.
Ele esteve na rodoviária nesta quinta-feira com o engenheiro da prefeitura e fiscais de obras.
O secretário pretende pedir a interdição ao proprietário do prédio, que é locado pela prefeitura.

Segundo Cardoso, um novo prédio para a rodoviária deve ser liberado amanhã para uso, na Rua Nordeste. A nova sede foi feita pela empresa Palmares em uma área cedida pela prefeitura. Hoje, funcionários da rodoviária continuam atendendo ao público em uma lancheria ao lado do local e o embarque ocorre provisoriamente em um estacionamento, diz o secretário.

Zerohora.com