Páginas

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

MPF CONFIRMA PEDIDO DE AFASTAMENTO DO CARGO DA GOVERNADORA YEDA.

Órgão denunciou nove nomes por improbidade administrativa.

Os promotores do Ministério Público Federal confirmaram na tarde desta quarta-feira uma ação de improbidade administrativa contra a governadora Yeda Crusius. O documento também denunciou o professor Carlos Crusius, os deputados José Otávio Germano, Luiz Fernando Záchia, Frederico Antunes, o ex-secretário Delson Martini, a assessora da governadora Walna Vilarins Meneses, o diretor do Banrisul Rubens Bordini e o presidente do Tribunal de Contas do Estado, João Luiz Vargas.
A ação, que conta com mais de 1,2 mil páginas, foi construída com base em cerca de 20 mil ligações telefônicas e não levará os réus a responder criminalmente pelos fatos. O MPF pediu a perda do cargo e função pública dos nove nomes citados, a suspensão dos direitos políticos de 8 a 10 anos, pagamento de multa, a proibição de contratação pelo poder público e ressarcimento dos recursos possivelmente desviados. A posição do Ministério Público Federal seguirá agora para a análise da juíza federal de Santa Maria Simone Barbisan Fortes, que tomará a decisão final.
Fonte: ZEROHORA.COM
Um forte abraço a todos e veja, se até a governadora teve seu afastamento pedido, junto com deputados e ex-secretários e o Presidente do Tribunal de Contas, porque com prefeitos é tão dificil, será pela proximidade com a Justiça, porque as denuncias existem, as provas também e eles continuam fazendo coisas que até o MPF duvidaria. Mas vamos aguardar o andar da carruagem, pois eu acredito que esta justiça chegará aqui algum dia.