Páginas

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

CHEGOU A HORA DOS PEQUENOS NO RIO GRANDE.

Acredito que chegou a hora dos pequenos, pois os grandes estão sendo destruídos por ações atribuídas a eles, denunciadas e investigadas em todos os níveis do país, PMDB, PSDB, DEM e PP estão sendo devassados pelos Ministério Público Federal e Estaduais.
No Rio Grande do sul, o MPF, hoje denunciou a Governadora e deputados do PMDB, PP e PSDB, ex-secretários estaduais e até o Presidente do Tribunal de Contas do Estado do PDT, ora vejamos que se o Tribunal de Contas esta envolvido, a situação é muito complicada e grave, pois ai a impunidade é evidente.
Mas o mais importante de tudo isso, é que esta tudo vindo a tona, e alguns partidos não aparecem em falcatruas e nem em denuncias, como o PPS, PTB, PCdoB, PSB e outros pequenos partidos que unidos agora teriam muita chance de ganhar as eleições para o governo do estado, claro que a alegação é de que a eleição mais importante é a nacional e ai estes partidos vão divergir, pois cada um tem sua preferência.
Se lembrarmos que nas duas ultimas eleições estaduais os vencedores foram os que detinham entre 2 a 7% nas pesquisas no primeiro momento, então, eis a prova de que o cidadão gaúcho quer votar no novo, naquela pessoa que ainda não governou o estado, independente de partido político, o que foi o caso de Germano Rigotto que havia perdido uma eleição para prefeito em Caxias, mas arrancando de 2% nas pesquisas ganhou a eleição dos favoritos, Tarso e Brito que despontavam nas pesquisas. E na ultima eleição onde o PT e PMDB novamente eram francos favoritos, surge o PSDB com Yeda, que arrancou de 7% para ganhar as eleições no segundo turno, juntamente com alguns partidos nanicos que a acompanhavam.
Veja a ultima pesquisa feita no estado, em varias simulações, algumas com Rigotto e outras com Olivio, o Dep. Beto Albuquerque, foi o unico que não variou o percentual, manteve sempre seus 6%.

Tarso Genro (PT) - 30%
José Fogaça (PMDB) - 27%
Yeda Crusius (PSDB) - 9%
Beto Albuquerque (PSB) - 6%
Paulo Feijó (DEM) - 2%
Pedro Ruas (PSOL) - 1%
Em branco/nulo/nenhum - 11%
Não sabe - 15%

Um forte abraço a todos e acredito amigos, que entre Tarso, Rigotto e Yeda, o meu pensamento é de que o favorito é Beto Albuquerque. Vamos aguardar, a eleição que esta próxima e a decisão é nossa, cidadão mortal e eleitor deste estado.