Páginas

segunda-feira, 22 de junho de 2009

CONGRESSO ESTADUAL DO PPS

Em um dos mais concorridos congressos do PPS dos últimos anos, o atual presidente do Diretório Estadual, deputado Berfran Rosado, foi reeleito para o biênio 2009/2010. O auditório da sede do partido, em Porto Alegre, ficou pequeno para os mais de 700 filiados que aprovaram sete resoluções e o novo diretório sem abstenções e por unanimidade. O ex-prefeito de Pelotas, Bernardo de Souza foi eleito o presidente de honra do partido.

Para acompanhar Berfran na presidência, o conselho de vices será composto pelo deputado federal, Nelson Proença, pelos deputados estaduais Carlos Gomes, Luciano Azevedo, Paulo Odone, pela prefeita de Salvador do Sul, Carla Spech, por Cezar Busatto e Sergio Arnould. A secretária-geral segue a cargo de Sérgio Camps de Moraes e Mario Bernd é o tesoureiro-geral.
Berfran declarou que mantém o propósito de fazer o PPS crescer em representatividade e qualidade, o que ocorreu com o projeto Pé na Estrada, desenvolvido em 2007 e 2008, quando o partido aumentou, significativamente, seus quadros. “O PPS cresceu pela ação dos deputados, pelas atitudes de suas lideranças, pelo trabalho dos diretórios municipais e, sobretudo, pelo seu histórico de coerência, transparência e lisura”, salientou o presidente, lembrando que partido está maduro e coeso. Ele destacou que o PPS trabalha pela regionalização, o que fortalece as estruturas partidárias e beneficia as comunidades.

Berfran defende que o PPS seja protagonista no processo decisório para as eleições de 2010. Em sua avaliação, os diretórios municipais terão papel fundamental nesta construção, garantindo o crescimento do partido e a melhoria do Estado. “O Partido Popular Socialista trabalha pelos interesses do Estado e, quando se une, tem a capacidade de transformar, de melhorar a realidade”, afirmou o presidente.
Para garantir o crescimento que o presidente almeja, algumas proposições foram aprovadas no Congresso, entre elas, a que instituiu uma comissão para criar a Juventude do PPS. Da mesma forma, será criada comissão para desenvolver estudos e debates sobre Planos diretores e gestão ambiental dos municípios. Além dessas, foram aprovadas as resoluções que fixam cursos e seminários para os vereadores eleitos; a realização de oficinas, palestras e workshops para as comunidades, ministradas pelos filiados, a fim de aumentar sua inserção comunitária; a criação regional do grupo da Mulher 23 e o planejamento de fórum político mensal para todas as regiões do RS.