Páginas

sexta-feira, 3 de abril de 2009

O VELHO FUTEBOL


Homenagem ao meu querido time do coração, coloradão dos pampas.

Estava assistindo ao jogo da seleção brasileira no Estadio Beira Rio, contra o selecionado do Peru.

E ai comecei a lembrar da epoca de guri, la em Porto Alegre quando saiamos do bairro Petropolis, Rua Tibiriça no antigo Beco do Salso, para assistir aos Grenais do Campeonato Gaucho, por volta de 9 horas da manha, nos domingos em que os jogos eram as 4 da tarde.

Lembro como se fosse hoje, que era uma festa o dia de grenal, que podiamos andar com dinheiro nos bolsos e sem medo de arrumar confusão, drogas só se ouvia falar e acredito que era para uma casta mais importante da sociedade e as pessoas saiam de casa para divertir-se, e crianças como eu podiam ir sozinhos (junto com amigos da mesma idade) para o estadio porque realmente os jogos de futebol eram uma verdadeira festa com estadios lotados, embora sem mulheres, pois naquela epoca tinham um tabú, de que mulher de bem não ia a estadios. Entao era aquele bando de homens, gritando e jogando mijo uns nos outros.

Lembrei da inauguração do Estadio do Colorado, quando ganhei o meu primeiro album de figurinhas e todas de jogadores colorados, e com muitas carimbadas, quem tem minha idade sabe do que eu falo, eram figurinhas assinadas que quando encontradas nos pacotinhos, davam direito a alguns premios, como eletrodomesticos e ate motocicletas.

Nunca ganhei nada, e nunca conheci ninguem que tivesse ganho tambem, mas todos juravam que era serio.

Hoje infelizmente não é mais igual, devido aos perigos do dia a dia, com muita violencia entre torcidas, eu nao tenho a coragem de deixar o meu filho ir só para o estadio, afinal todos os jogos hoje estão no PPW, muito bem pagos, mas voce assiste aos jogos no conforto da sua casa.

Ja levei meu filho em jogos oficiais do nosso time Campeão de Tudo, mas ainda não levei ao Beira Rio, por medo de ser assaltado, e em todos os aspectos, no estacionamento do carro, no ingresso do jogo e depois nos sanduiches e refrigerantes dentro do estadio, que são os mais caros que ja vi, e sem nenhuma segurança la dentro, o que é pior.

Um forte abraço a todos, isso não é coisa de velho não, pois, nós nos divertíamos muito e podiamos fazer sem medo, tudo o que gostavamos, ou seja, ser feliz e sem medo, de torcer pelo time Campeão de Tudo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário